Blog

Saiba como escolher uma agência de SEO

Saiba como escolher uma agência de SEO

Escolher uma agência para fazer o SEO do seu site é uma decisão de extrema importância e que deve ser tomada com cuidado. SEO é algo muito complicado e, infelizmente, poucos são os clientes com conhecimentos sólidos sobre o assunto. Aproveitando-se disso, muitas agências prometem resultados irreais e imediatos, iludindo os clientes.

Nós, da SEO SEARCH, achamos que esse tipo de prática traz descrédito para o próprio mercado. Os clientes merecem ser tratados com respeito e transparência. Pensando nisso, gostaria de apresentar à vocês as diretrizes do Google para a escolha de agências e consultores de SEO. Seguindo-as, as chances de você se deparar com “charlatões” diminuirão bastante.

 

Diretrizes

1 – Tenha cuidado com firmas de SEO e consultores ou agências na web que enviam e-mails inesperados.

Fique muito atento com agências e consultores que enviam e-mail dizendo que detectaram algum problema relacionado à questões de SEO. Muitos desses e-mails são enviados automaticamente para vários webmasters sem sequer o site ter sido analisado.

Até mesmo o Google disse que já recebeu esse tipo de spam:

“Prezado google.com.br,
Visitamos o seu site e constatamos que você não aparece na maioria dos principais diretórios e mecanismos de pesquisa…”

Caso chegue à sua caixa de mensagem algo nesse sentido, é aconselhável manter os dois pés bem atrás.

2 -Ninguém pode garantir a classificação em primeiro lugar no Google.

Não acredite em quem garante alcançar um resultado específico. SEO dá resultado sim, porém é impossível precisar em que lugar vai se chegar e quando isso vai acontecer.

Não acredite em alguém que afirma ter um “relacionamento privilegiado” com o Google e por isso conseguirá colocar seu site nas primeiras posições. Tal coisa não existe. Pense bem, você acha que uma empresa do tamanho do Google arriscaria sua credibilidade por uma pessoa ou agência de SEO? Claro que não.

3 – Tome cuidado se uma empresa tiver muitos segredos ou não explicar claramente o que pretende.

A relação entre o responsável SEO e o cliente tem que ser transparente. Tem alguma dúvida sobre a campanha? Peça explicações. É a função dele estar à sua disposição para te deixar ciente de tudo que acontece. É a sua marca que está em jogo. Procure saber o máximo possível sobre o que está acontecendo com a sua campanha.

4 – Você nunca deve precisar ter um link para um SEO.

Existem muitos consultores SEO que falam do poder dos “links gratuitos e para todos”, de esquema de popularidade de links ou de troca de links. Um conselho: evite-os. Normalmente, essas ações inúteis não afetam a sua classificação nos resultados dos principais mecanismos de busca.

5 – Escolha com cuidado.

Caso esteja em dúvida em relação a alguma agência de SEO, pesquise no mercado. Pesquise no Google, procure informações na imprensa e converse com a agência para que ela possa esclarecer as suas dúvidas.

6 – Tente entender para onde o dinheiro está indo.

O Google nunca vende as classificações dos resultados de pesquisa orgânica. Alguns consultores SEO prometem que você ocupará as primeiras posições, porém, na verdade, estará na seção de anúncios.

É bem fácil diferenciar no Google os resultados de pesquisa orgânica para os anúncios pagos.

Veja na imagem abaixo:

2012 10 02 1558 e1349207765795 Saiba como escolher uma agência de SEO segundo o Google
Anúncios pagos e busca orgânica

 

7 – Quais são os abusos mais comuns que o proprietário de um site pode encontrar?

Agências de SEO que criam domínios falsos para redirecionar para o seu site. Não confie nessa técnica. Além de não ser uma tática ética, esses domínios pertencem a empresa que faz SEO. Caso o relacionamento não dê certo, o responsável SEO pode apontar para outro site ou até para um concorrente.

Outra prática comum que deve ser evitada é inserção de diversas palavras-chave. É prometido que o site ranqueará melhor para diversas palavras-chave. Essa informação por si só é falsa, já que uma página dificilmente será relevante para diversas palavras-chave. Além de acabar gerando uma “canibalização” entre as palavras-chave.

8 – Que outras coisas eu devo verificar?

O Google fez uma lista, que o próprio afirma que não está completa, para indicar que você está lidando com uma agência ou um consultor SEO desonesto. Segue a lista abaixo:

  • Tiver domínios de fachada
  • Colocar links para outros clientes nas páginas de entrada
  • Oferecer a venda de palavras-chave na barra de endereços
  • Não distinguir entre verdadeiros resultados de pesquisa e anúncios exibidos nos resultados de pesquisa
  • Garantir a classificação, mas somente para frases de palavras-chave longas e obscuras, que você obteria de qualquer forma
  • Obtiver tráfego a partir de “falsos” mecanismos de pesquisa, spyware ou scumware
  • Tiver domínios excluídos do índice do Google ou se ele mesmo não estiver listado no Google
Confira mais táticas que o Google não vê com bom olhos no nosso curso, na seção Blackhat

Perguntas a serem feitas antes da contratação do serviço

O Google também preparou uma lista de perguntas para você fazer antes de contratar uma agência ou um consultor para gerir sua campanha SEO. Essas perguntas são cruciais para que você possa saber melhor com que tipo de profissional você esta lidando e a sua forma de trabalho.

  • Você pode me mostrar exemplos de trabalhos anteriores e compartilhar algumas histórias de sucesso?
  • Você segue as Diretrizes do Google para webmasters?
  • Você oferece algum serviço ou orientação de marketing para complementar o seu negócio de pesquisa orgânico?
  • Que tipo de resultados você espera ver e em que período de tempo? Como você mede seu sucesso?
  • Qual é a sua experiência no meu setor?
  • Qual é a sua experiência no meu país ou em minha cidade?
  • Quais são suas técnicas mais importantes de SEO?
  • Há quanto tempo você está no mercado?
  • Como me comunicarei com você? Você me informará sobre todas as alterações feitas no meu site e fornecerá informações detalhadas sobre suas recomendações e a lógica por trás delas?

Conclusão…

Pesquise bastante antes de contratar um serviço de SEO. Não se deixe levar por falsas promessas. Valorize aqueles que sejam transparentes na relação com o cliente. Tente entender bastante qual é o valor que está sendo ofertado e se vale a pena investir nele.

SEO não é algo barato e exige um bom conhecimento para aplicá-lo. Não acredite em agências e consultores que coloquem os preços lá embaixo. Provavelmente elas não tem um conhecimento sólido de SEO Interno e trabalham com uma forma de obtenção de links automáticos, o que não tem nenhuma relevância para o Google, principalmente após suas últimas atualizações.

Nós, da SEO SEARCH, temos orgulho em seguir todas as diretrizes do Google. Envie-nos um e-mail ou ligue para a gente. Você poderá comprovar o que eu estou dizendo.

E você, já passou por alguma experiência desagradável ao tentar contratar uma agência ou um profissional de SEO? Comente e compartilhe conosco.

7

Discussion

  1. Vivi  dezembro 20, 2012

    Parece sencillo y pre1ctico aunuqe lo de saber cuando puede ocurrir eso es tan relativo que me1s bien nunca se sabe. Yo habia leido sobre Proyecto Prey para ordenadores porte1tiles que este1 muy interesante.

    (reply)
  2. nylon free videos  dezembro 21, 2012

    This blog is the best. You have a new fan! I can’t wait for the next update, saved!

    (reply)
  3. seo link building  janeiro 18, 2013

    GScraper, the new blackhat SEO soft, the best scraper with poster for building backlinks, If you’ve never used it, you simply cannot imagine scrape and POST can crazy to what extent !

    (reply)
  4. iherb.com  fevereiro 12, 2014

    Hey very nice blog!

    (reply)
  5. Tiago Rossi Seo  fevereiro 19, 2014

    Ola, gostaria de entrar em contato com o departamento de marketing da empresa. Obrigado.

    (reply)

Add a Comment